in

Como Fazer Pão de Queijo Brasileiro

Então o que é pão de queijo, bem como o nome diz é um pão feito com farinha de mandioca ou como é tradicionalmente conhecido por polvilho e que leva queijo, o polvilho pode ser doce ou azedo.

Polvilho doce é o polvilho tradicional, em que o amido de mandioca é levado a decantar por umas 24 horas e depois é seco, no polvilho azedo este é decantado por muito mais tempo, de 15 a 40 dias o que cria um processo de fermentação e logo cria um produto final mais ácido e azedo com um sabor mais intenso.

Ao usar só polvilho doce, obténs um pão de queijo mais redondo, mais maçudo, mais denso, um que podes esborrachar e ele volta ao lugar, com um sabor mais suave e cremoso.

Com o polvilho azedo, obténs um pão de queijo mais irregular, seco e com um travo acre, este no entanto vai ser mais leve e crescer mais e criar bolhas maiores dentro do pão, ao esmagar este este vai ficar esmagado.

Já estão a ver a dica….

Dicas e Truques para Fazer Pão de Queijo em Casa

Utiliza Polvilho Doce ou uma Combinação de Polvilho Doce e Azedo – É boa ideia usar só polvilho doce ou usar uma combinação de doce e azedo para fazer os pães de queijo, a proporção ideal parece ser de 1 para 3, isto é 1 dose de polvilho azedo para 3 de polvilho doce (100gr de azedo e 300gr de doce, 1 chávena ou xícara de azedo para 3 chávenas ou xícaras de doce), mas também depende muito do teu gosto e do tipo de queijos que estás a usar.

Prepara tudo de Antemão – Pão de queijo pode fazer-se num instante, mas é também importante para o resultado final fazer-se num instante, por isso antes de começares é bom ter já tudo medido, queijo já ralado, forno já quente para fazeres tudo rapidamente.

Ferve o Leite ou Água com a Manteiga ou Óleo – Não só é importante para ficarem perfeitamente misturados mas também a temperatura vai ajudar ao amido começar a criar as ligações e depois deste a ligar melhor com os ovos e o queijo.

Água ou Leite? – Tanto faz, ambos fazem o mesmo efeito que é hidradar e inchar o amido, mas é comum dizer que o leite torna a massa mais pegajosa o que é positivo e leite tem sempre mais sabor que água, eu pessoalmente uso leite.

Manteiga, Óleo, Banha? – Tanto faz, cada um vai dar o seu travo, o importante é mais a quantidade de gordura que o tipo, visto que a gordura é para a textura e cremosidade e não tanto para o sabor, eu pessoalmente prefiro manteiga.

Misturar Tudo ainda Quente – Para um bom pão de queijo é importante fazer tudo de seguida, misturar o liquido e gordura no polvilho e quando este está ainda quente juntar os ovos e queijo, assim vai ficar tudo bem ligado.

Misturar só Depois de Frio? – Por outro lado algumas das receitas pedem para juntar os ovos e o queijo só depois do polvilho estar amassado e esfriado, eu experimentei ambas e não notei diferença, parece-me mais um cuidado para se o polvilho estiver demasiado quente este pode cozinhar os ovos e isso não é bom, por isso a dica é se o polvilho estiver a escaldar espera uns minutos para esfriar um pouco, e o polvilho estiver quente ou morno, podes juntar os ovos e depois o queijo.

Queijo Bom dá Pão de Queijo Bom – Eu sei que é um pouco óbvio, mas num pão de queijo esta máxima de culinária está em força, se usares bons ingredientes vais ter um bom produto final, se fizeres pão de queijo com óleo de má qualidade, banha velha, queijo barato, o resultado final vai ser mau, se usares ingredientes de qualidade o resultado final vai ser fantástico.

Usa um bom Queijo Meio Curado – Não queres um queijo demasiado mole, demasiado sem sabor ou com demasiada gordura, o melhor para um bom pão de queijo é um queijo meio curado com um sabor intenso mas não muito duro ou uma combinação de queijos com um mais duro, assim depois de cozinhado vais ter o sabor de queijo a vir ao de cima.

Podes Congelar Antes de ir ao Forno ou Depois – Sim podes fazer as bolas e congelar ou podes levar ao forno e depois congelar a diferença é que se levares ainda por assar elas depois tem de ser assadas, se levares a congelar já prontas estas depois podes levar a torradeira ou descongelar, eu pessoalmente levo já assadas a congelar porque parece-me que crescem mais acabadas de fazer do que congeladas.

E já está, espero que as dicas tenham sido úteis e se tiverem mais boas dicas, digam da vossa justiça nos comentários, até a próxima! ;D

Fonte; https://www.iguaria.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Batatas Fritas Belgas

Arroz Doce Branco de Alcochete