in

Filhoses portuguesas à moda antiga

As filhós ou filhoses (as duas formas estão corretas) são um dos doces típicos de Natal que nunca falta nas mesas portuguesas nesta época festiva. Tal como outros doces desta época, têm o dom de nos fazer recordar o Natal passado em casa dos avós, em família e à volta da lareira. As filhoses portuguesas são mais do que um doce: são um conjunto de memórias.

INGREDIENTES  

  • 1 kg farinha
  • 100 g açúcar
  • 10 ovos M
  • 100 ml leite meio-gordo
  • 30 ml aguardente
  • 2 colheres de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de sal
  • qb de canela em pó (para polvilhar)
  • qb de azeite (para untar a massa)

PREPARAÇÃO 

  • coloque a farinha, o sal e o fermento num alguidar de grandes dimensões e misture bem.
  • Adicione o cálice de aguardente e o leite.
  • Amasse a mistura com as mãos, envolvendo todos os ingredientes.
  • Adicione os ovos, um a um, e continue a amassar delicadamente.
  • NOTA: sempre que adiciona um ovo, deve envolvê-lo totalmente na massa antes de adicionar o próximo.
  • Assim que terminar de envolver todos os ovos na massa, unte as mãos com o azeite e molde a massa até que deixe de se colar ao alguidar.
  • Amasse mais um pouco durante 2 ou 3 minutos.
  • Tape o alguidar com um pano de linho ou algodão e deixe levedar durante 2 horas.
  • Assim que terminar de levedar, retire pequenas bolas de massa e espalme-as com as mãos.
  • Leve a fritar em óleo bem quente.
  • Escorra em papel absorvente.
  • Coloque as filhoses numa travessa, polvilhe-as com açúcar e canela e sirva.

DICAS

  • Existem várias formas de apurar o sabor das tradicionais filhoses portuguesas. Se o fizer, deixam de ser feitas à moda antiga, mas tudo depende do seu gosto pessoal.
  • Para começar, pode optar por adicionar um pouco de raspa de limão para dar um sabor extra.
  • Também pode substituir o cálice de aguardante por outro licor ou bebida branca.
  • A pitada de sal é fundamental para apurar o sabor dos ingredientes. Não a elimine da lista!

Fonte: https://ruralea.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Coscorões à moda antiga

Bilharacos de cenoura